19 outubro, 2006

 

31 reais

Ainda dá pra comer muitíssimo bem em São Paulo pagando relativamente pouco. As alternativas não são fáceis de encontrar, mas com certeza valem a pesquisa. Assim como em NY, uma ótima alternativa são os menus prix fixe na hora do almoço. Mas isso só vale para os restaurantes realmente bons, e às vezes nem mesmo para eles: a praga do almoço executivo geralmente significa preço bom para o almoço mais básico possível - peixe com purê, frango com legumes.



É um alívio perceber que alguns restaurantes respeitam seu bolso e seu paladar. Me lembro com detalhes de um almoço memorável no Tao (foto acima), na rua 58 em NY, que custava 24 dólares por pessoa (entrada+prato+sobremesa) e tinha entre as sugestões alguns dos melhores pratos da casa, como os Peking Duck Spring Rolls ao molho Hoisin. Dá para escolher entre várias opções, o que faz do Tao uma ótima opção para grupos: cada um pede uma combinação diferente e todo mundo prova de tudo. Nham.



Voltando ao Itaim Bibi. A charmosa casa na rua Manuel Guedes já me chamava a atenção quando eu morava no bairro, um letreiro simpático com o nome Maria's Bistrot, a varanda envidraçada cheia de mesinhas. Sempre pensei: "hum, preciso experimentar esse lugar um dia desses". Acabei mudando de bairro, e Ida Frank, dona do Maria's, mudou o restaurante. Pra melhor, bem melhor. Junto com o chef Paulo Barroso de Barros (ex-La Vecchia Cucina, 33 anos, eleito chef revelação pela Vejinha no ano passado e pelo Guia 4 Rodas este ano) eles transformaram o restaurante de um dono só em uma casa com dois cozinheiros, literalmente Due Cuochi Cucina. Um restaurante super aconchegante, com apenas 45 lugares e comida de primeira.



Não à toa, é imprescindível reservar, e mesmo assim a espera pode ser longa. O que explica meu largo sorriso ao ver uma mesinha livre assim que cheguei com a Paula, minha irmã. O menu prix fixe (me recuso a chamar de executivo) incluía couvert, salada ou sopa, 3 opções de prato principal (todas apetitosas) e umas 5 opções de sobremesa. O couvert, sempre minha tentação, não deixou a desejar. Pão ótimo, manteiguinha e outros frufrus deliciosos. Fui de salada (linda e bem temperada) seguida de salmão, servido sobre uma espécie de ratatouille de grãos com azeite. Estava inacreditavelmente saboroso. Só o brownie de nutella da sobremesa não tinha muito gosto de nutella, mas tudo bem. Ótimo espresso para arrematar. O mais importante, no entanto, foi a hora da conta. Tudo isso, tirando bebidas, café e serviço, custa 31 reais por pessoa. É uma pechincha para a qualidade da comida, considerando os atuais padrões astronômicos de preço praticados na cidade. Um refresco - e dos mais saborosos.



Due Cuochi Cucina:: Rua Manuel Guedes, 93, Itaim Bibi, tel.: 3078-8092. Todos os dias, das 12h às 15h e das 19h30 à 0h (sexta até 1h, sábado só jantar até 1h e domingo só almoço até 17h).

(As fotos foram tiradas da Palm, por isso a baixa qualidade.)

Comments:
Due Cuochi é meu restaurante preferido!!!!
 
Prix fix do Tao e do Due Chuochi....I wonder...quem ensionou. Bom, o importante do comentario eh o seguinte. No DUe Cuochiu, mesmo custando 31 reais, a conta sai mais do que 50 (quase o dobro), com servico, 10%, cafe, bebida, etc. E tem um problema que eh o seguinte: as opcoes sao SEMPRE AS MESMAS. Entao nao da pra ir mtas vezes. E..se vc escolhe do cardapio (animal de bom, talvez dos melhores da city).. a conta aumenta bem. that's it. De resto, mto legal esse post.
 
Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?